A VINÍCOLA

 sede da Monte Reale

A Monte Reale pertence à família Valdecir Mioranza e os primeiros registros desta família são de 1300, quando moravam nos arredores de Feltre, na Itália, onde a  principal atividade econômica era o cultivo de videiras e a fabricação de vinhos.

Em 1700, parte da família se transfere para o Valle del Mis, distrito de Sospirolo na província de Belluno, Trento e Padova. Neste vale a tradição vinícola da linhagem Mioranza cresce e atinge os mercados de Feltre, Treviso, Veneza, Belluno, Trento e Padova.

Na primeira metade do século XIX, os parreirais de toda região alpina de Belluno foram atacados por doenças e a produção de vinhos caiu decisivamente. Abalado com a crise, Pietro Mioranza decide partir para a América.

Em 15 de janeiro de 1884, Pietro Mioranza chega ao Brasil, mais precisamente na colônia de Caxias, onde lhe destinam o lote numero 13 do Travessão Alfredo Chaves. Pietro é um dos primeiros a chegar ao local, que batiza como Nova Veneza. 

Do Valle del Mis, Pietro trouxera algumas mudas de videiras, a semente da tradição vinícola transplantada na América. Em pouco tempo ele se torna o maior produtor de vinhos de Nova Veneza.

Em 1972, Valdecir Mioranza, seu bisneto, juntamente com seis amigos fundou a Vinhos Monte Reale. Em 1993, Valdecir assumiu o controle acionário da vinícola e a partir desta data iniciaram os investimentos em tecnologia, afim de produzir vinhos de alta qualidade.

Em 1999 iniciou-se a reforma e reestruturação da Vinhos Monte Reale, pensando no vinho fino, gastronomia e enoturismo. Criou-se então a marca de vinhos finos Valdemiz. 

A primeira safra foi elaborada em 2000 e o lançamento em 2002 simultaneamente ao empreendimento já reformado. A partir desta data a linha de produtos conta com os vinhos finos Valdemiz e com os vinhos de mesa e sucos Monte Reale.

Do conhecimento e dedicação legados pela família, Valdecir Mioranza preserva a tradição de mais de sete séculos, da qual resultaram os vinhos de alta qualidade e excelência das marcas Valdemiz e Monte Reale.

 

 

Vinhedos

As uvas utilizadas na elaboração dos vinhos produzinhos pela Monte Reale  são cultivadas em uma das regiões mais nobres do país,  a Serra Gaúcha. 

O clima da região, com suas peculiaridades como, temperaturas baixas no inverno, proporcionando o repouso da videira, o calor e a constância do sol no verão favorecem a concentração dos açúcares proporcionando uvas muito maduras, com baixa acidez e com ótima complexidade aromática.

As condições de clima e solo ideais e as aprimoradas técnicas de cultivo fazem com que a qualidade das uvas produzidas pela família Valdecir Mioranza sejam refletidas no excelente padrão de seus produtos.